Hackers e Crackers mais famosos da história.

Olá amiguinhos, uma palavra breve do blogueiro antes de dar o ctrl+v aqui da matéria. Estou tentando voltar, seja você quem for meu caro leitor (mesmo que seja só o meu ego), aos trancos e barrancos estou voltando. Ainda procuro um colunista!

“As mídias ainda representam hackers como super-espião com um alcance tecnológico a sua disposição, mas na verdade este não é o caso. Alguns os chamam de heróis, ainda outros os ultrajam como nada além de criminosos com um pouco de conhecimento técnico. Esta lista é uma introdução de alguns dos hackers/crackers mais famosos da história. Mas no final das contas, os melhores são os únicos que nós nunca ouviremos falar, porque eles nunca serão pegos.

Veja aqui a lista com detalhes:
Jonathan James
jonathan20james

Jonathan James. Também conhecido como c0mrade. James foi o primeiro jovem a ser condenado por cybercrime, tendo só 15 anos quando cometeu o crime e 16 anos ao ser condenado. Algumas invasões secundárias em redes de telecomunicações chamaram atenção das autoridades, James havia entrado em computadores no Departamento de Segurança dos EUA (DTRA), uma agência responsável por analisar ameaças para o país, nativas ou no estrangeiro. Ele o fez instalando programas de backdoor num servidor em Virgínia, que em troca lhe permitiu colecionar dados importantes, inclusive os email de muitos empregados do DTRA e detalhou logins e senhas para alcance completo do que precisasse, inclusive computadores militares. c0mrade, também entrou no sistema da NASA, onde copiou um software com preço de $1.7 milhões de dólares. Infelizmente para ele, os bons tempos não duraram muito, a casa de James foi invadida em uma manhã de janeiro de 2000 e ele foi preso, sendo condenado a seis meses em prisão até os 18 anos.
James morreu na metade do ano passado, com suspeita de suicídio.

Valor do dano: $41 mil dólares pela DTRA e $1.7 milhões de dólares pela NASA.

Adriano Lamo
adrian20lamo

Adrian Lamo. Titulado como “O Hacker Sem Casa” porque, geralmente, “trabalha” em cybercafes, prédios abandonados e bibliotecas. Lamo realizava “testes de penetração” em diversas campainhas, como o Yahoo!, Banco da América e Microsoft. Quebrava os sistemas de computadores por falhas de segurança e avisava as companhias sobre os erros nos mesmos, seu objetivo era ser agradecido por informar as falhas. Porém, em fevereiro de 2002, Lamo invadiu o sistema do The New York Times, onde pode ver todo tipo de dados, por este ato foi preso imediatamente. Sendo condenado a 6 meses de prisão domiciliar na casa de seus pais, 2 anos de cadeia e a pagar $65 mil dólares.

Valor do dano: $65 mil dólares.

Kevin Mitnick
kevin20mitnick

Da esquerda para a direita: Adrian Lamo, Kevin Mitnick, Kevin Poulsen.

Kevin Mitnick. Também conhecido como Condor. Embora suas façanhas não sejam as mais incríveis, é provavelmente o hacker mais famoso da história e era, quem sabe ainda é, o que a maioria de hackers queria ser. Mitnick começou seu próprio caminho aos 12 anos, onde ele invadiu o sistema de ônibus de Los Angeles e ‘comprou’ seus próprios passes, garantindo assim ônibus grátis para qualquer destino. Anos mais tarde ele começou a praticar phreaking com telefones celulares, alto-falantes de fast food, rádios amadoras e alto-falantes de drive-thru. Ele foi condenado por hackear o sistema do DEC, e teve um merecido tempo na prisão e um período de liberdade supervisionada. Quando se aproximava o fim do período de liberdade hackeou os sistemas e fugiu antes de ser pego.
Permaneceu em liberdade por uns 2 anos, até sua prisão em fevereiro de 1995.
Após a prisão, Mitnick hackou com um amigo (white hat) o computador de Tsutomu Shimomura que tornou sua missão pessoal seguir o rastro de Mitnick. No total, Mitnick ficou preso por 5 anos, sendo 8 meses na solitária.

Valor do dano: $200 mil dólares do DEC.

Robert Tappan Morris
robert20tappan20morris

Robert Tappan Morris. Também conhecido como rtm. Criador do Morris Worm, o primeiro de muitos vírus worms a ser enviado na internet. Morris causou danos de milhares de dólares e “perda de produtividade” quando ele lançou o worm na década de 80. Segundo Morris, era uma experiência ver o tamanho que a internet se encontrava ao contar quantas máquinas foram infectadas por ele.
Infelizmente, o worm se reproduziu em uma extensão enorme; tanto que os computadores se tornaram inutilizáveis. Morris foi descoberto, mas teve sorte o bastante para escapar da prisão, apenas recebeu uma multa de $10.500 dólares e condenação a 36 meses de reeducação prestando 400 horas de serviços comunitários.

Valor do dano: $263.500 dólares.

John Draper
john20draper

John Draper. Também conhecido como Captain Crunch. Embora seja um phreak (Hacker de sistemas de telefonia), o Capitão é visto por muitos como o pai do “hacker” moderno e phreaking, sendo também uma pequena “lenda”. Nasceu em 1944, começou sua “carreira” quando foi informado por um amigo que um apito de brinquedo, que era dado em caixas de cereais do Captain Crunch, emitia um tom de 2600 hertz. Este tom era uma frequência utilizada na fabricação de telefones e conduziu Draper a criar “blue boxes”, dispositivos capazes de reproduzir outros tons de discagem, fazendo ligações de graça. Então aqui estava o homem que poderia fazer ligações gratuitas graças a um brinquedo de caixa de cereal.
Ele deu uma entrevista para a revista Esquire em 1971, expondo ao mundo o assunto de phreaking telefônico. Draper foi preso em 1972, sendo condenado a 5 anos.
No meio dos anos 70, ele ensinou algumas habilidades aos co-fundadores da Apple, Steve Jobs e Steve Wozniak, depois que Wozniak leu a matéria na revista Esquire. Draper ficou empregado temporariamente na Apple, e escreveu o código do EasyWriter, o primeiro processador de texto do Apple II.

Como eu falei: “Ctrl+c e Ctrl+v do Devaneio Concentrado

3 respostas para Hackers e Crackers mais famosos da história.

  1. f0rc3 disse:

    Muito legal a materia😉 poderia colocar mais pessoas com boa influencia😛
    Abraços

  2. RALLVECY disse:

    bacana essa mateia

  3. JuniorMatos disse:

    Olá, tem interesse em participar de uma rede de conteúdo? se tiver me adiciona no msn smatosjr@gmail.com ou me manda um email. Abraços Samuel

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: